Gestor em Foco

Lídia Sequeira - Liderança e Competência

lsEm 2005 o Porto de Sines era considerado por profissionais e comentadores um "elefante branco". Hoje é referido por todos como um ex-líbris nacional de competitividade e internacionalização. Lídia Sequeira e toda a equipa do Porto de Sines foram determinantes nesta transformação.

CM - Tendo em consideração todos os cargos relevantes que anteriormente desempenhou associa este prémio ao reconhecimento de uma carreira no sector dos transportes ou apenas aos resultados obtidos no Porto de Sines?

LS - Gostaria de referir que a minha carreira foi sendo desenvolvida, eventualmente com mérito, mas sobretudo com esforço e progressivamente.

Mas não tenho dúvidas que este galardão está associado ao sucesso do projecto a que estou ligada nos últimos anos e que passou pelo reconhecimento ao nível nacional e internacional do Porto de Sines como o grande porto da fachada atlântica da Península Ibérica, com capacidade de crescimento em cada um dos seus cinco terminais especializados, com recursos humanos altamente qualificados e fazendo uso de tecnologias de informação que nos colocam numa posição cimeira na Europa.

Como costumo sublinhar, este processo de modernização não é exclusivo de Sines e sinto muito orgulho por ser um processo em curso em todos os portos nacionais.

CM - Quais considera serem as mais importantes competências para um gestor alcançar sucesso num sector extremamente competitivo como é o sector marítimo-portuário?

LS - Penso que o sucesso neste sector depende, em primeiro lugar, da capacidade de identificar correctamente a missão estratégica e as características diferenciadoras do projecto. Depois, como noutros sectores, da capacidade de criação e de mobilização de equipas; da capacidade para ampliar, transformar e potenciar o que já existe; e garantir sempre que a transformação e o crescimento são feitos de forma sustentável.

CM – Quais os principais desafios futuros para um gestor portuário?

LS - Vivemos num mundo em que muita coisa está a mudar e muito depressa. O sector portuário tem hoje ameaças, desafios e oportunidades como nunca teve.

Estamos a assistir ao desenvolvimento de cadeias de transporte cada vez mais longas e complexas em que o transporte marítimo tem um papel crucial. E os portos, nós logísticos por excelência nesta cadeia, têm hoje uma responsabilidade acrescida no seu funcionamento eficiente, contribuindo para a redução dos custos e dos tempos entre os pontos de origem e de destino e como elo de conexão entre o modo marítimo e os modos terrestres.

Não mais será possível pensar que o negócio portuário começa ou termina no porto. E a mercadoria terá cada vez mais de ser rastreada e apresentada junto do cliente de uma forma rápida e desburocratizada.

A Janela única Portuária foi uma conquista importante neste processo. Utilizando essa ferramenta de que já dispomos (e é muito importante ter a convicção de que não estamos a partir do zero, mas daquilo que já foi construído), é o momento de avançar para a Janela única Logística que corresponderá à integração do sector marítimo e portuário com os outros modos de que depende e que dele dependem.

CM - Há 10 anos atrás sonhou que o Porto de Sines poderia ser um grande porto Hub à escala internacional. E agora, qual o seu sonho para daqui a mais 10 anos?

LS - Agora sonho que Sines será um grande centro industrial e logístico e o motor da economia nacional.

Perfil

Nome: Lídia Sequeira

Família: Dois filhos e cinco netos;

Formação académica: Economista;

Percurso profissional:

Chefe de Divisão de Transportes Internacionais da Direcção-Geral dos Transportes Terrestres (DGTT) (1985-1990);

Directora do Gabinete de Estudos e Planeamento da DGTT (1990-1992);

Subdiretora-Geral de Transportes Terrestres (1992-1996);

Gestora da Intervenção Operacional de Acessibilidades e Transportes (1997-2004);

Gestora-Adjunta do Programa Operacional de Ciência e Tecnologia (2004-2005);

Presidente do Conselho de Administração do Porto de Sines (desde 2005);

Membro do Conselho de Administração da AICEP Global Parques (desde 2005).

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Threesome